Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Notícias

ENTREVISTA: Professora do Claretiano e delegada do Conselho Regional de Contabilidade fala dos desafios da área

19/09/2018 - Batatais

Regiane Arantes é professora do curso de Ciências Contábeis do Claretiano - Centro Universitário, em Batatais. Ela foi empossada em julho de 2018 como a nova representante do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP) na cidade. Nesta entrevista, a docente fala sobre a área, sobre os desafios da profissão e sobre a atuação do conselho. 

Qual é o papel do conselho e o que o profissional que se forma deve fazer em relação ao CRCSP?
O Conselho Regional de Contabilidade fiscaliza e, juntamente com o Conselho Federal, ajuda a regulamentar a profissão. É responsável por fazer o registro dos profissionais para que eles possam exercer a profissão contábil. O profissional formado precisa do registro para exercer e, para se registrar, não basta apenas se formar na graduação. É preciso também prestar o Exame de Suficiência. Se passar no exame, o profissional pode requerer o registro no conselho. 

Quais são as cidades atendidas pela delegacia de Batatais?
A delegacia regional do Conselho Regional de Contabilidade fica em Ribeirão Preto e compreende várias outras delegacias menores, como é o caso de Batatais, que atende os profissionais e organizações contábeis de Batatais, Altinópolis, Brodowski e Santo Antônio da Alegria. Os profissionais que fizeram a graduação e passaram no Exame de Suficiência procuram a delegacia mais próxima da sua região para solicitar seu registro, sua carteira de identidade profissional e todos os atos que ele queira, como abrir uma organização contábil. 

O conselho também atua na fiscalização profissional. Como isso acontece?
A delegacia também tem por função ajudar o CRC na fiscalização. Quando tem alguma denúncia, assim como em todas as profissões temos os bons e os maus profissionais, a delegacia ajuda a recolher documentos para enviar para a sede. Mas toda a função de verificação dos fatos fica a cargo da sede, que tem um departamento específico para isso. 

“O papel do contador demandado pelo mercado hoje
é que ele seja o parceiro do empresário.”

Quais são os desafios que os novos profissionais da contabilidade enfrentam hoje em dia?
Assim como várias outras profissões, a contabilidade também passou por um processo de mudança muito forte nos últimos anos, especialmente com a tecnologia da informação a nosso favor. Aquele estereótipo do profissional com o óculos na pontinha do nariz e a mesa lotada de papéis não existe mais. A tecnologia da informação veio para nos ajudar com essa parte burocrática, com esse manuseio de papéis e a diminuição do volume de papéis. 

O papel do contador demandado pelo mercado hoje é que ele seja o parceiro do empresário, que demanda muito mais do contador do que anos atrás. Antes, o empresário conseguia sobreviver e, às vezes, até ter muito sucesso gerenciando com base no seu feeling. Hoje em dia não, pois com o aumento da concorrência, inclusive vinda de outros países — seja nos produtos ou nas prestações de serviços, o empresário se vê numa situação em que ele precisa dos números para tomar decisões de forma mais assertiva. 

Ele precisa saber precificar corretamente seu produto, analisar bem os seus custos, qual a carga tributária, custo com pessoal. Quem tem todas essas informações é o contador, que é aquele parceiro. Antes mesmo do empresário ser um empresário, o primeiro profissional que é buscado é o contador, que vai orientar o futuro empresário sobre a melhor forma de abrir a empresa. 

O Brasil é um dos países com a maior carga tributária do mundo. O contador também tem o papel de atualizar os empresários a respeito das novas leis?
Isso, a todo momento, pois todos os dias tem alteração de legislação. Infelizmente, o contador é o portador de notícias que nem sempre são boas para o empresário. Por isso, ainda existem empresas que veem o contador como um ‘mal necessário’, mas elas devem entender que o contador trabalha para elas e não para o Governo. O sucesso do empresário é o sucesso do contador e a nossa responsabilidade é muito grande para orientá-lo corretamente. 

Falando sobre o mercado de trabalho, quais são as áreas de atuação mais interessantes para quem está se formando?
É possível atuar com a perícia contábil, que é uma área com poucos profissionais e que pode abrir boas oportunidades. Na perícia, o profissional pode se especializar em um campo, como a área trabalhista ou de análises fiscais de tributos. Isso demanda experiência e dedicação aos estudos, até talvez uma pós-graduação e estudos complementares. Recentemente, foi criado um cadastro nacional de peritos para que os juízes em geral tenham acesso e possam escolher o perito para analisar fatos de processos judiciais. 

Outra atuação é na parte de controladoria, que nada mais é do que o contador utilizando os números gerados pela própria contabilidade e que vai gerar informações para o gestor. É uma área que se aperfeiçoou com o uso da tecnologia da informação. O contator é agora o contador-consultor, que faz reuniões periódicas para mostrar os gargalos da empresa. É preciso ter uma visão geral e não apenas um número seco, deve-se analisar o que está por trás de cada informação.

“Aquele estereótipo do profissional com o óculos na pontinha
do nariz e a mesa lotada de papéis não existe mais.”

Existe uma iniciativa do conselho para promover a atualização profissional dos contadores. Como funciona e quais são as obrigatoriedades?
O Programa de Educação Profissional Continuada foi instituído pelo Conselho Federal e foi direcionado primeiramente aos auditores contábeis, que têm de cumprir determinada quantidade de pontos anualmente. Esses pontos são referentes a cursos de capacitação e reciclagem que eles devem fazer durante o ano e prestar contas de que realmente cumpriram a pontuação. Fora os auditores, também têm essa obrigatoriedade os peritos contábeis e os profissionais que assinam balanço de grande empresas. Mas estima-se que, a partir de 2020, todos os profissionais registrados nos Conselhos Regionais de Contabilidade de seus estados também estejam obrigados a cumprir um determinado número de pontos para continuar exercendo a profissão. 

Aqui na região, nós temos sempre cursos, workshops e palestras promovidos pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo. Inclusive, o aluno também pode ter um número do Conselho. Basta acessar o site www.crcsp.org.br, ir em “Agendamento/Serviços” e procurar o Cadastro de Futuros Profissionais em “Desenvolvimento Profissional”. O Conselho dá um número de inscrição ao estudante de contabilidade, que pode participar gratuitamente de todos os eventos promovidos.

Como os profissionais podem entrar em contato com a delegacia de Batatais?
Os profissionais da contabilidade, sejam pessoas físicas ou jurídicas, têm o respaldo da delegacia de Batatais, que fica na rua Sete de Setembro, 295. O horário de atendimento é das 8h às 11h e das 13h30 às 17h30. Se o profissional tiver alguma dúvida e quiser entrar em contato conosco, o telefone é o (16) 3761-4333.

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA. APERTE O PLAY OU CLIQUE NO LINK ABAIXO!

https://bit.ly/2Qbohle