Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Notícias

Egresso do Claretiano tem livro finalista no Prêmio Jabuti

11/12/2018 - Batatais

Licenciado em Filosofia pelo Claretiano – Centro Universitário e mestre na área, o Profº. Drº Evandro Luís Gomes, é autor do livro ‘Para além das Colunas de Hércules, uma história da paraconsistência: de Heráclito a Newton da Costa’ que foi finalista na 60ª edição do Prêmio Jabuti no eixo Humanidades, cuja premiação aconteceu em novembro deste ano. Dedicando seus estudos à lógica, uma área de pesquisa pouco explorada, ele conta que o livro é decorrente à sua tese de doutorado. “O título de minha tese de doutoramento é ‘Sobre a história da paraconsistência e a obra de da Costa: a instauração da Lógica Paraconsistente’, e a elaborei sob a orientação da professora Itala M. Loffredo D’Ottaviano do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas e do Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência, ambos da Unicamp”, conta.

De acordo com o Profº. Drº Evandro, a oportunidade de publicar a tese surgiu desde a época da defesa que aconteceu em dezembro de 2013. “A banca examinadora, que tinha diversos nomes de muito peso em nossa área, havia recomendado fortemente a publicação do trabalho. Assim, começamos a trabalhar no projeto do livro e surgiu uma oportunidade muito boa, que se concretizou mais tarde”, explica ressaltando que o processo de preparação do manuscrito foi minucioso.

Preparamos em parceria com a professora Itala D’Ottaviano, e conjuntamente com equipe da editora uma versão do texto que incorporou acréscimos e melhorias. Traduzimos todas as passagens em idiomas estrangeiros, incluímos notas adicionais e ajustamos o texto, dentro do possível, para alcançar o público mais amplo possível. O livro é acadêmico; todavia, trabalhamos para que pessoas realmente interessadas em filosofia, história da lógica, lógica, lógica paraconsistente e lógicas não clássicas pudessem seguir a leitura com proveito”, observa.

A base para a construção da vida acadêmica o Profº. Drº Evandro conta que é fruto da formação inicial que recebeu no Claretiano e que o convívio com mestres e colegas durante a graduação foi fundamental em sua trajetória. “O curso de Filosofia do qual fui aluno era muito bom. Tínhamos professores preparados e zelosos, dedicados ao projeto pedagógico do curso. O estilo de formação filosófica de então era ancorado na história da filosofia, muito sério e de cunho amplo, permitia uma formação variada que fez toda a diferença para o magistério que exerci desde o primeiro ano de formado”, conta.

Conheça o livro

O livro ‘Para além das Colunas de Hércules, uma história da paraconsistência: de Heráclito a Newton da Costa’ conta a história desde os primórdios do pensamento ocidental até o pleno estabelecimento da paraconsistência com as decisivas contribuições teóricas de Newton da Costa e sua Escola Brasileira de Lógica.

Na primeira parte do livro, em dois capítulos, são identificados, reconstituídos e analisados os principais argumentos de personagens cruciais para o período que chamamos “pré-história da paraconsistência”. Encontram-se aí as digressões de autores da antiguidade grega como Heráclito de Éfeso, Parmênides e Zenão de Eleia, Platão, Aristóteles e os estoicos, e do período medieval como Pedro Abelardo, Pedro Hispano, Guilherme de Ockham e muitos outros.

Na segunda parte do livro, também em dois capítulos, são reconstituídas e analisadas as ideias de Hegel, Vasiliev, Łukasiewicz e diversos outros precursores da paraconsistência às portas do século XX. O ponto alto desse desenvolvimento, todavia, dá-se com as contribuições efetivas de Stanisław Jaśkowski e Newton da Costa, que estabeleceram definitivamente o paradigma paraconsistente no contexto da lógica contemporânea.

O livro é um texto acadêmico, voltado para o leitor interessado em história da lógica, em história da filosofia, em fundamentos da matemática e em aplicações da lógica à tecnologia e à computação.

A critério do professores do Ensino Médio, o livro pode ajudar na preparação de aulas e de projetos pedagógicos, pois há diversos episódios da história da paraconsistência que são cruciais para a compreensão de critérios de validade de argumentos que envolvem informação contraditória como o manuseio de dados contraditórios, o estudo de conflitos e de controvérsias em debates, a análise de questões filosóficas fundamentais, discussões sobre os fundamentos da matemática e aplicações, inclusive, à teologia, ao direito e à ética.

Importância

O Profº. Drº. Evandro explicou que ‘o livro conta a história de uma das lógicas não clássicas mais revolucionárias já criadas, a lógica paraconsistente. Desde os primórdios da filosofia ocidental com os gregos até o princípio do século XX sempre houve apenas uma lógica, a lógica clássica. Ao longo dos últimos cem anos, diversas lógicas alternativas foram desenvolvidas e estudadas. A lógica paraconsistente foi estabelecida em dois momentos. O primeiro com o lógico polonês Stanisław Jaśkowski, em 1948, e o segundo com o lógico e filósofo brasileiro Newton Carneiro Affonso da Costa, em 1963. Essa lógica expande os limites da logicidade pois este não se conforma mais apenas ao conteúdo consistente (não contraditório), mas pode manejar dados contraditórios sem os perigos conhecidos de falsificação (trivialização lógico-téorica) que sucede quando a lógica é clássica. Daí a denominação ‘paraconsistente’, que foi introduzida pelo filósofo peruano Francisco Miró Quesada, em 1976, de que essas lógicas vão além ou circundam as margens da consistência lógico-teórica. A paraconsistência – hoje estudada em todo o mundo – foi criada e introduzida, consolidada e cultivada até seu pleno desenvolvimento teórico, por uma plêiade de estudiosos de lógica, brasileiros e estrangeiros. O livro é um trabalho completamente original na literatura internacional sobre o tema, a primeira história geral abrangente das lógicas paraconsistentes já escrita. Ele está sendo traduzido para o inglês, em versão ampliada, para brindar os leitores de todas as partes do mundo com os incríveis episódios dessa jornada intelectual pelas sendas da história da civilização e da cultura ocidentais’.

O autor do livro é natural de Rio Claro (SP) e foi seminarista Claretiano em Rio Claro e Batatais. Atualmente reside e trabalha em Maringá, estado do Paraná. E a formação integral que recebeu junto à Congregação Claretiana foi fundamental para tudo que já realizou desde então.

 

= =