Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Notícias

Egressa: foco e disciplina fizeram Fernanda passar em dois concursos e mestrado

05/04/2019 - Vilhena

Era 31 de julho de 1993 quando o mestre de obras Gilberto Rubens Fraga Vieira e a dona de casa Leonilda Jardim comemoravam a chegada da filha Fernanda Jardim Vieira, hoje com 25 anos. Mas é claro que na época eles não imaginavam até onde poderia chegar aquela menina nascida em Presidente Médici (RO). 

Fernanda sempre estudou em escola pública até conquistar, em 2012, uma bolsa integral pelo Prouni (Programa Universidade para Todos) para ingressar no curso de História do Claretiano - Centro Universitário, polo de Vilhena. 

“A história sempre foi apaixonante para mim, ainda no ensino fundamental eu já adorava a disciplina e, no ensino médio, com o incentivo de professores, passei a gostar ainda mais. Logo após a faculdade, cursei duas pós-graduações na área de educação”, conta. 

Os concursos públicos bem-sucedidos 

Assim que concluiu a graduação, em 2016, ela prestou um concurso para professora de história da Secretaria de Educação de Rondônia e ficou em 2º lugar. Nomeada no ano seguinte, ela atuou nesse cargo até abril de 2018. 

Mas logo ela foi convocada para assumir outra vaga — desta vez, referente ao concurso da Secretaria de Educação de Mato Grosso. “Obtive aprovação em 1º lugar, com 79,9% de acerto na prova escrita e 100% na prova didática. Por isso, hoje atuo como professora da educação básica numa escola estadual em Comodoro (MT)”, afirma. 

O mestrado profissional e a disciplina nos estudos

As conquistas de Fernanda não se resumiram aos concursos públicos. Ela foi aprovada e já está cursando o mestrado profissional em Ensino de História pela UNEMAT (Universidade do Estado de Mato Grosso), no Campus de Cáceres (MT). 

Diante de tanto sucesso, a professora revela sua percepção a respeito da educação a distância e mostra como é possível realizar tantos sonhos por meio dos estudos. Leia o relato completo que ela nos enviou: 

“A formação que obtive no Claretiano abriu portas e me propiciou essas e muitas outras conquistas, foi o pontapé inicial de todas elas. Acredito que a disciplina de estudos que aprendemos e precisamos ter para ser um aluno EaD nos torna mais focados e isso certamente nos ajuda na hora das provas e dos concursos. 

Além disso, na minha concepção, o ensino a distância nos incita a ser mais pesquisadores, a buscar, a deixar de ser tão dependentes de alguém ali, que tem todas as respostas prontas. Nos torna independentes. Mas acredito que o mais importante é o aprendizado, aquilo que aprendemos e levamos para os nossos alunos todos os dias em sala de aula. 

A cobrança dos professores do Claretiano é um diferencial muito importante na nossa formação, acredito que quando somos cobrados tentamos ser melhores e melhoramos. As pessoas acham que só porque a faculdade não é presencial as coisas vão ser bagunçadas, mas o Claretiano mostrou que não, que tem organização sim, que tem cobrança sim, que mesmo a distância o ensino tem qualidade.

O apoio do tutor presencial também é muito significativo para nossa formação e no polo de Vilhena eles sempre nos atenderam prontamente. E os tutores a distância têm grande valor, pois são muito capacitados e respondem dentro de um curto período.

Enfim, sou grata ao Claretiano pela formação de excelência que me propiciou, pois sem ela eu não chegaria até aqui. E esse é só o começo! 😄"

= = = = = = = = =