Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Notícias

Décadas após a formatura ex-alunos da Educação Física se reencontram no Claretiano

10/12/2019 - Batatais

Um dia muito especial e cheio de emoção para dezenas de ex-alunos do curso de Educação Física do Claretiano - Centro Universitário de Batatais. Assim foi o domingo, 8 de dezembro, quando muitos, depois de décadas, se reencontraram no ‘Encontro de ex-alunos da Educa’, promovido pelo Claretiano, dentro das comemorações dos 50 anos do Ensino Superior em Batatais. Além dos ex-alunos residentes em Batatais vários vieram de outras cidades, entre elas, Franca, Cajuru, Igarapava, Jardinópolis, Cajuru, Monte Alto, São Paulo e até Brasília e Caldas Novas.

Formado há 15 anos, Erivelton Marreti, é de Batatais e chegou para o Encontro por volta de 9h30. Mesmo tendo a base educacional toda preparada pelo Claretiano, pois também estudou no Colégio São José, ele conta que voltar ao Claretiano para este evento foi relembrar uma das melhores fases da sua vida. “Aqui comecei a realizar meu sonho de trabalhar com Educação Física, pois desde pequeno ficava observando as aulas no Colégio. Fui o mais velho da minha turma, mas nunca é tarde para estudar. Terminei o curso, fiz especialização na área de Fisiologia do Esportes, trabalhei como professor e estou aposentado”, disse.

Os colegas da primeira turma do curso, Roberto José Correa, o Robertão e José Edson Lopes, vieram especialmente de Franca para o evento e encontraram José Sérgio de Oliveira, que veio de Igarapava; Márcio Antônio Reis, de Jardinópolis, Creusa Madalena Aleixo Oliveira, de Caldas Novas e Diva Marques Pereira, de São Paulo.

 “Perdi o contato de muitos amigos de turma. Hoje estou sentindo uma sensação bem diferente. Muitos que estão aqui eu os vi pela última vez no nosso baile de formatura. Constatei que, mesmo com o passar das décadas, a amizade prevaleceu. Esse contato é muito importante”, conta Robertão que, além da Educação Física, graduou-se também em Economia e Direito, trabalhou em outras áreas, mas sempre conciliou as atividades com a Educação Física, tanto que é conhecido em Franca como ‘Robertão do Basquete’.

Para Márcio Antônio Reis a Festa dos Ex-alunos significou relembrar os grandes momentos da sua vida, inclusive a melhora da sua saúde. “Na época tinha sérios problemas de bronquite e graças ao curso fui praticando esporte e com o tempo sarei completamente. É uma honra muito grande poder voltar às minhas origens, afinal, a faculdade ampliou meus conhecimentos, me deu uma nova visão de vida. O Claretiano me deu uma base, não só como professor, mas uma base humana“, conta.

Morando em Caldas Novas, Creusa Madalena viajou mais de 12 horas, contando ida e volta, para estar no Claretiano. “Estou muito feliz de estar aqui entre amigos que não via há anos. É uma grande emoção, pois a Educação Física me deu tudo que tenho hoje”, conta.

Vindo de Brasília especialmente para o Encontro, Luiz Celso Mota, é da turma de 1986. “Aqui é meu começo. Tudo que tenho devo aos conhecimentos que aprendi durante a faculdade”, conta ressaltando que foi uma alegria imensa visitar as dependências do Claretiano. “Foram muitas horas de viagem para estar aqui e todas valeram à pena”, disse. Já Rosana Malite Iunes, de Cajuru, conta que graças ao Claretiano pode realizar seu sonho de fazer Educação Física. “Foram tempos maravilhosos. Hoje estou aposentada, mas ainda continuo dando aulas de Educação Física”, pondera a ex-aluna que faz parte da turma de 1978.

Além de poder rever os amigos durante o encontro todos puderam visitar as dependências do Claretiano e reviver o tempo acadêmico. Um momento emocionante foi a visita ao Ginásio de Esportes, local que marcou muitas aulas da Educação Física.

 

 

 

 

= =