Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Notícias

Alunos do Claretiano apresentam trabalho em Congresso de Iniciação Científica e Pesquisa em Ribeirão Preto

13/11/2017

Jorge Luís Guerra e Letícia Cristina Anelis, alunos do 4º ano de Fisioterapia do Claretiano – Centro Universitário, participaram recentemente do 18º Congresso de Iniciação Científica e Pesquisa - CONIC, realizado na cidade de Ribeirão Preto. Na ocasião os alunos apresentaram o trabalho ‘Efeitos do Nintendo Wii na melhora do equilíbrio e da flexibilidade de ombro e cotovelo na neurofibromatose tipo 1 – estudo de caso’. O trabalho foi desenvolvido com a supervisão dos professores Evandro Marianetti Fioco e Edson Donizetti Verri, responsáveis pelo Labim - Laboratório de Biomecânica do Movimento / Lafis - laboratório de avaliação física do Claretiano. “Ter participado do CONIC foi uma satisfação muito grande. Afinal, com muita pesquisa pude mostrar o benefício do wii® na reabilitação nesse tipo de patologia. Foi muito importante contribuir com a literatura ainda na graduação”, conta Jorge.

Confira abaixo um resumo do trabalho apresentado:

‘A neurofibromatose tipo 1(nf1) é causada por mutações no cromossomo 17, uma doença genética autossômica dominante, crônica e progressiva, que tem em comum a predisposição a alterações morfofuncionais dos mmss e mmii. Essas alterações se dão por comprometimento do equilíbrio e da flexibilidade. O presente estudo teve o objetivo de observar os efeitos da utilização da wii® reabilitação- (wii® fit plus) no tratamento fisioterapêutico, com ênfase no equilíbrio e na flexibilidade de ombro e cotovelo na nf1. Para tratamento utilizou-se o wii®, para a reabilitação da aprendizagem motora, feedback e motivação, foram selecionados 9 jogos voltados a movimentação do mmss, mmii e tronco, que foram realizados duas vezes por semana totalizando vinte sessões. Conclui-se que wii® reabilitação apresentou resultados eficazes neste tipo de patologia desde a melhora do equilíbrio, da flexibilidade, disposição e bem-estar, devem-se considerar aspectos como a duração, frequência e tipos de jogos utilizados durante o processo de tra¬tamento. Apesar dos resultados positivos, ainda são necessários novos estudos para corroborar com a literatura, onde novos pacientes devem ser estudados’.