Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Direito da Infância e Juventude - Pós-graduação

Inscreva-se

saiba mais sobre o curso e faça sua inscrição

Duração do curso

10 ou 5 meses sem encontro presencial. Nesta opção de estudos, o aluno terá seu encontro inicial realizado por meio de vídeo transmitido pela internet em data e horário específicos. Posteriormente, as disciplinas e avaliações serão realizadas dentro do próprio ambiente virtual de aprendizagem, a SAV (Sala de Aula Virtual), não necessitando de deslocamento a um polo; no entanto, todos os polos do Claretiano espalhados pelo Brasil estarão à disposição.

Carga horária

selecione o local e como estudar

Valor da mensalidade

selecione o local e como estudar

Portarias de Criação e Funcionamento do Curso

Coordenador(a)

Sobre o curso

O curso de pós-graduação em Direito da Infância e Juventude tem como objetivo a capacitação de profissionais de várias áreas que trabalham diretamente com crianças e adolescentes ou aqueles que atuam na gestão pública ou privada de programas para crianças e adolescentes.  As disciplinas do curso abrangem desde a concepção teórica até as questões mais atuais da infância e juventude no Brasil.

O principal objetivo é proporcionar aos participantes conhecimentos específicos para que se tornem profissionais especialistas na área, com habilidades para uma atuação efetiva no Sistema de Garantia de Direitos com relação à promoção, proteção, defesa e controle dos direitos da criança e do adolescente.

Com o curso os acadêmicos serão capazes de identificar, refletir e encontrar soluções para problemas na área de estudo. Propõe interagir os conhecimentos das questões relacionados à criança e adolescente, estimulando o desenvolvimento da capacidade de análise e de crítica, por meio do estudo multidisciplinar, buscando a efetivação da normativa legal como pleno exercício de justiça.

Os egressos do curso de pós-graduação em Direito da infância e Juventude estarão aptos a atuar no sistema de Justiça, na elaboração, supervisão e execução de políticas públicas, programas e projetos da área da infância e adolescência. Poderão assim desenvolver atividades em Organizações Sociais, repartições públicas e empresas privadas.

Público-alvo

Portadores de diploma de nível superior que exerçam atividades nas áreas da justiça, educação, saúde, desenvolvimento social, segurança pública, entre outras.  Tais como Magistrados, promotores de justiça, advogados, delegados, policiais civis e militares, profissionais de pedagogia, sociologia, assistência social, psicologia, professores, educadores, conselheiros tutelares, Conselheiros de Direito, gestores de políticas públicas, gestores de organizações sociais, e demais interessados que atuam no setor governamental ou não governamental, envolvidos em planejamento, gerenciamento, assessoria, consultoria e execução de ações e programas à criança e adolescente.