Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Transtorno do Espectro Autista - TEA - Pós-graduação

Inscreva-se

saiba mais sobre o curso e faça sua inscrição

Duração do curso

10 meses com 2 encontros presenciais

Nesta opção de estudos (também conhecida como "extensivo"), o aluno terá seu encontro inicial realizado por meio de vídeo transmitido pela internet em data e horário específicos. Posteriormente, terá dois encontros presenciais ao término de cada semestre, exclusivamente para realização das avaliações.

Carga horária

selecione o local e como estudar

Valor da mensalidade

selecione o local e como estudar

Portaria de Autorização

Coordenador(a)

Sobre o curso

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é a nova conceituação adotada pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria. Dessa forma, a classificação Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD), prevista na Política Nacional de Educação Especial, se transforma em Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), configurando o autismo e todos os que se enquadram nas características do espectro: síndrome de asperger, autismo de alto funcionamento, autismo não-verbal, autismo verbal, autismo ecolálico etc. Em 2012, foi sancionada no Brasil a Lei nº 12.764 que instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. Quem possui TEA é considerada uma pessoa com deficiência e deve ter todos os seus direitos assegurados. Em casos de comprovada necessidade, o aluno incluído no ensino regular tem direito a acompanhante especializado. Ou seja, uma pessoa que tenha a formação para trabalhar junto ao estudante com TEA. O curso de especialização em Transtorno do Espectro Autista (TEA) oferece a capacitação necessária para atuar nessa área, sendo ofertada uma formação teórico e prática consistente e uma base ampla de conhecimento a respeito das experiências didático-pedagógicas.

Público-alvo

Pedagogos, psicopedagogos, psicólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais e demais profissionais de nível superior interessados na área.