Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

2016

Prof. Ms. Pablo Rodrigo Gonçalves

Telefone: 19-2111-6116

E-mail: nupic@claretianorc.com.br

A Revista Ensaios & Diálogos, do Claretiano – Faculdade, está na sua nona edição e apresenta a possibilidade de conhecer diversos artigos de discentes, docentes e funcionários técnico-administrativos da Instituição. 

Os artigos são expressão e resultado de uma coletânea de temas presentes em vários tipos de pesquisa, desde Trabalhos de Conclusão de Curso, resultados de Iniciação Científica, até artigos provenientes de dissertações de mestrado. Nesse sentido, merece destaque o artigo do funcionário técnico-administrativo Valter Antônio Lourenção, intitulado “Relatos de Experiência de Leitura de Conto Machadiano Idéias de Canário com Mulheres Aprisionadas”, resultado de sua dissertação de mestrado na Unesp de Rio Claro e de um intenso trabalho social realizado no Centro de Ressocialização de Mulheres, do município de Rio Claro. 

É importante ressaltar e reforçar ainda os demais artigos provenientes dos Cursos de Graduação oferecidos pelo Claretiano – Faculdade, sendo que este número da revista apresenta dois artigos do Curso de Graduação em Pedagogia – Licenciatura, um artigo do Curso de Graduação em Engenharia Elétrica – Bacharelado, dois artigos do Curso de Graduação em Serviço Social – Bacharelado, três artigos do Curso de Graduação em Educação Física – Bacharelado, um artigo do Curso de Graduação em Ciências Contábeis – Bacharelado e um artigo do Curso de Graduação em Administração – Bacharelado. No total, são onze artigos que refletem uma pluralidade de temáticas provenientes de várias áreas do conheci- mento, mostrando o “rosto” de uma Instituição de Ensino Superior voltada também para a pesquisa, além de suas atividades de ensino e extensão. 

A vida acadêmica se faz por meio da atuação de seus membros e tem a educação como foco principal de suas ações. Por sua vez, a Faculdade, empenhada em oferecer uma educação de qualidade, tem, em seu corpo docente, professores qualificados, acadêmica e profissionalmente, com a devida competência para o exercício do ensino. Mas, como dizia Paulo Freire, como todo professor também é um pesquisador, o Claretiano – Faculdade tem um corpo docente que não apenas ministra aulas, mas desenvolve a pesquisa como foco significativo de seu papel educacional. E essa mentalidade é extensiva aos alunos e funcionários, fazendo-os compro- metidos não apenas com a transmissão do conhecimento, mas com seu processo de construção que, por sua vez, possibilita práticas inovadoras. 

Assim, este novo número da Revista Ensaios & Diálogos vem confirmar o ideal da Instituição, que tem no seu Projeto Educativo a missão de "capacitar a pessoa humana para o exercício profissional e para o compromisso com a vida, mediante uma formação integral. Esta missão se caracteriza pela investigação da ver- dade, pelo ensino e pela difusão da cultura, inspirada nos valores éticos e cristãos e no Carisma Claretiano que dão pleno significado à vida humana". 

Parabéns aos autores e atores desse processo de construção do conhecimento e que nos sintamos todos comprometidos com a realização da missão institucional, confiantes de que estamos no caminho certo para a formação de profissionais qualificados para inserção no mercado de trabalho e de cidadãos comprometidos com a formação integral da pessoa humana em suas dimensões corporal, psíquica e espiritual. 

Prof. Dr. Sávio Carlos Desan Scopinho Diretor Acadêmico 

Diretor Geral 

Pe. Luiz Claudemir Botteon 

 

Diretor Administrativo 

Osvaldo Celotti 

 

Diretor Acadêmico 

Prof. Dr. Sávio Carlos Desan Scopinho 

 

Diretor Comunitário e de Extensão 

Prof. Es. Ângelo Aparecido Zadra 

 

Coordenadoria Geral de Pesquisa e Iniciação Científica 

Prof. Ms. Pablo Rodrigo Gonçalves 

 

Conselho Editorial 

Profa Dra. Maria Cecilia L. B. Soares 

Prof. Es. Ângelo Aparecido Zadra 

Prof. Ms. João Carlos Picolin 

Prof. Esp. Euclides Francisco Jutkoski

Prof. Dr. Manoel Valmir Fernandes 

Profª. Dra. Raquel Albano Scopinho 

Profª Es. Viviane Cristina Geraldo Prof. 

Dr. Ronaldo Ribeiro de Campos 

Profa. Dra. Márcia Reami Pechula 

Profa. Dra. Beatriz Martins Manzano Editoração 

Prof. Ms. Pablo Rodrigo Gonçalves 

 

Capa 

AGECOM

Instalação elétrica otimizada para a Construção Civil

Com os programas do Governo Federal como Programa de Aceleração do Crescimento e Programa Minha Casa, Minha Vida, muitas pessoas consegui- ram adquirir imóvel próprio, aumentando a procura pelos mesmos. Dessa forma, as Construtoras necessitam trabalhar com produtos que agreguem valor em um menor espaço de tempo. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é conhecer o desenvolvimento e o processo de fabricação, entendendo o método construtivo da Rede Elétrica Otimizada, a qual veio para garantir a diminuição de tempo na entrega de residências, já que a mesma é produzida industrialmente, gerando redução de tempo, de desperdício de materiais e de mão de obra especializada, além do fato de que é testada em mesa de montagem (linha de produção), o que garante um produto de qualidade. 

 Ewerton Luiz DUARTE

Júlio César BELLAN

 

 

 

A visão dos profissionais da Santa Casa de Rio Claro acerca da função do Assistente Social no âmbito hospitalar

 O presente artigo tem por objetivo geral apresentar a visão de profis- sionais atuantes na Santa Casa de Misericórdia de Rio Claro acerca das funções de um Assistente Social dentro da área hospitalar. Por fazer parte de uma equipe multiprofissional, bem como em decorrência de fatores históricos, as competên- cias e atribuições do Assistente Social por vezes se confundem com as de outros membros da equipe, não lhe sobrando espaço para implementar a luta na defesa do direito à saúde dos pacientes que procuram o hospital. Sendo assim, executam tarefas que não condizem com as presentes nas legislações específicas, as quais tratam das competências e atribuições desse profissional. Para expor o nível de conhecimento que os profissionais da Santa Casa de Rio Claro têm a respeito do Serviço Social na instituição, realizamos pesquisa de campo, por meio da entrega de questionários para gestores e líderes dos setores selecionados, com perguntas abertas e fechadas que nos ajudaram a revelar o grau de conhecimento dessa população em relação ao trabalho executado pelo setor de Serviço Social do hospital, avaliando, assim, o alcance de suas intervenções. Abordamos, também, os primórdios da profissão no Brasil e na Santa Casa de Rio Claro, bem como expomos o que são atribuições e competências do Assistente Social na Saúde. 

 Graziella Santos de OLIVEIRA

Adriana Cristina de Oliveira ALTÉIA

 

Relação entre ansiedade e autoconfiança: análise das percepções dos árbitros de esportes de invasão

 O objetivo do presente estudo foi analisar o índice de autoconfiança nos árbitros esportivos das modalidades de invasão, comparando com os níveis de ansiedade cognitiva e somática. Participaram do estudo 44 árbitros de futebol de campo, futsal, handebol e basquetebol. Os instrumentos utilizados foram um questionário sociodemográfico, destinado a coletar informações pessoais sobre os entrevistados, e o CSAI-2 (Competitive State Anxiety Inventory – 2), utilizado para medir o nível de ansiedade-estado (somática e cognitiva) e a autoconfiança. A análise dos dados seguiu o protocolo do instrumento e a metodologia quali- tativa, sendo amparada pela Frequência Acumulada Percentual, a qual facilitou a apresentação, interpretação e análise dos dados. Como resultado, encontrou- -se que todos os participantes perceberam os níveis de ansiedade cognitiva e somática considerados baixos, construindo uma relação inversa com os níveis de autoconfiança, os quais se apresentaram elevados. Diante disso, pode-se con- siderar que os participantes estão em condições adequadas, quanto aos níveis de ansiedade e autoconfiança, para atuar em suas respectivas modalidades. 

 

Jonathan Ap. Macedo dos SANTOS

Denis Cristiano BRIANI

Gustavo Lima ISLER

 

A importância do movimento na educação infantil de 0 a 3 anos

 

Por meio do movimento a criança aprende de forma significativa, constrói o conhecimento de si mesmo e do contexto em que vive, brinca, apren- de, explora e descobre o mundo utilizando a maior de todas as ferramentas da aprendizagem, ou seja, seu próprio corpo. O objetivo deste trabalho foi analisar a importância do movimento na educação de crianças de 0 a 3 anos; para tan- to, foi utilizada pesquisa bibliográfica e relato de experiência. Por meio des- ta, buscou-se entender as características desenvolvimentistas dessa faixa etária, como o movimento pode auxiliar no desenvolvimento e como o educador deve agir/interagir como facilitador desse desenvolvimento por meio do movimento. Concluiu-se que este é intrínseco à criança nessa faixa etária e que o educador precisa conhecer seus alunos e procurar estratégias para atendê-lo, assim como os referenciais educacionais e as propostas pedagógicas da instituição. 

Natalia RODRIGUES

Andréia Nadai CARBINATTO

 

A relação entre estresse infantil e desempenho escolar

 

O estresse é caracterizado por situações, boas ou ruins, que resultam em reações físicas ou psicológicas no indivíduo. Situações estas que acometem indivíduos de qualquer idade, inclusive crianças. A realização desta pesquisa provém da inquietação em compreender a relação entre o estresse e o desempe- nho escolar dos alunos, analisando as causas e sintomas provenientes do estresse infantil. Saber identificar e compreender as fontes estressoras na infância e as consequências atreladas a elas é fundamental no auxílio da superação desse qua- dro, principalmente por parte dos docentes. A discussão desses temas auxiliam professores a tomarem conhecimento da importância da intervenção docente, que oferece bases e auxílio para que os alunos se desenvolvam e lidem com as situações estressoras às quais estão submetidos. O que se observa é que há rela- ção direta entre estresse e desempenho escolar, com uma criança que apresenta sintomas de estresse não possuindo pleno desenvolvimento cognitivo, e que o professor tem papel fundamental na mediação da aprendizagem, e essa inter- venção é capaz de amenizar os sintomas e as consequências desse quadro no processo de ensino e aprendizagem. 

 

Nathalia Karoline PRONI

Elisabete Scaglia TRENTO

 

A atuação do profissional de Educação Física em equipes multidisciplinares da saúde pública e privada

 

A restrita área de atuação do profissional de Educação Física nas esco- las e academias vem sendo quebrada pela qualidade e importância que esse pro- fissional adquiriu com os anos, principalmente no campo da saúde. Ainda que ele seja pouco valorizado dentro do serviço de saúde, pode atuar de forma preventi- va no combate a diversas enfermidades. O profissional de Educação Física está capacitado para trabalhar junto às equipes multidisciplinares de saúde, pois as ações de práticas corporais podem reduzir os agravos e os danos decorrentes das doenças não transmissíveis, beneficiar a redução do consumo de medicamentos, favorecer a formação de organizações sociais e incentivar a interdisciplinaridade. Poucas equipes organizam a prática da atividade física, e, na maioria das vezes, não é o profissional de Educação Física quem cuida das atividades propostas aos usuários. Quando se trata de exercícios físicos, o profissional de Educação Física é o único habilitado para trabalhar com os pacientes, pois, além de ser um agente de saúde, mostra, com base científica, os benefícios dos exercícios físicos para os pacientes, o que pode representar um grande papel na prevenção de doenças e promoção da saúde. 

 

Rafael Spiller PACHECO

Maria Cecília L. B. SOARES

 

As famílias atendidas no loteamento MCMV Terras de Ajapi II: um estudo do território

 

A habitação no Brasil é um dos grandes desafios do Governo e a ele- gibilidade das famílias atendidas em empreendimentos de interesse social se dá por meio de critérios federais e municipais, cujo parecer favorável diante dos mesmos e outros aspectos consideráveis em relação à família acompanhada são de responsabilidade do Serviço Social do órgão municipal de habitação do muni- cípio. Este presente artigo busca verificar a importância do critério de territoria- lidade no empreendimento de interesse social do programa Minha Casa Minha Vida, que atendeu vinte e três famílias, Loteamento Terras de Ajapi II, localizado em Rio Claro-SP, no distrito de Ajapi. Os critérios devem considerar os vínculos comunitários já instalados na população de determinado bairro, tomando-se cui- dado para o seu não rompimento. A comprovação da análise foi obtida por meio de levantamento de dados quanti-qualitativo a fim de verificarmos a atenção desse quesito em relação ao parecer da equipe técnica da área social da Secreta- ria Municipal de Habitação com base num questionário, opinião dos moradores por meio de entrevista semiestruturada e no aspecto documental, pelo banco de dados municipal de habitação por meio de um roteiro. As entrevistas possibili- taram desvendar a representação desse empreendimento para os entrevistados e entender a relação dos mesmos com o território, uma vez que esse aspecto para os moradores nem sempre é o mais importante. 

 

Sabrina Guillen GONÇALVES

Maria Aparecida Ribeiro GERMEK

 

Relatos de experiência de leitura do conto machadiano Idéias de Canário com mulheres aprisionadas

 Este artigo tem como objetivo apresentar uma parte de minha disser- tação, desenvolvida no Centro de Ressocialização Feminino de Rio Claro, que propôs dar uma resposta à pergunta que norteou este trabalho acadêmico: pode a prática social educativa da experiência de leitura de textos literários ser um dos caminhos para conduzir as reeducandas a ampliar a sua compreensão de mundo? Apesar de serem trabalhados junto às reeducandas três contos machadianos, nes- te artigo abordaremos apenas um: Idéias de Canário. A principio, foi aplicado um questionário contendo perguntas abertas e fechadas com a finalidade de criar um perfil de cada uma das dez participantes. Em seguida, foi combinado um dia para a leitura e a coleta dos comentários tecidos pelas reeducandas. E a última proposta seria a criação de uma leitura encenada entre as participantes. Elas es- colheriam um dos contos e construiriam uma nova leitura do mesmo. A resposta à pergunta da pesquisa seria obtida pela análise dos conteúdos coletados. 

 Valter Antonio LOURENÇÃO 

 

Estratégias de diferenciação de micro e pequenas empresas: um estudo de caso de pequena amostra na cidade de Rio Claro para análise de estratégias de sobrevivência no mercado

 A maior oportunidade de empreender é ter o próprio negócio, contudo manter uma empresa viva requer não apenas aproveitamento de uma oportu- nidade, mas também constante tomada de decisões. O objetivo do trabalho foi estudar e entender como as micro e pequenas empresas da cidade de Rio Claro atuam para obter vantagem competitiva, porque isso é o motor que garante a sobrevivência destas. O estudo de caso permitiu analisar o perfil empreendedor e os fatores necessários para alcance do sucesso, além das estratégias utilizadas ao longo do processo. Foram entrevistados 25 micro e pequenos empresários na cidade de Rio Claro de forma pessoal, aplicando-se um questionário composto por doze questões fechadas e duas questões abertas. Notou-se que essas organi- zações utilizam algumas estratégias, porém elas não garantem crescimento ou sobrevivência a longo prazo. É fundamental o papel de um administrador para aplicar ferramentas administravas que identifiquem os problemas e o potencial da empresa, a fim de oferecer novas oportunidades a essas organizações. 

 Andressa Socolowski de LIMA

Dafine Christie BAUMGARTNER

Daniely Reis GARCIA

Thais Cristina de OLIVEIRA

Vanessa Santos DOMINGOS

Eder Benedito SIMONATO

 

Os efeitos da equoterapia no processo de ensino e aprendizagem de alunos com Síndrome de Down

 

Este trabalho objetiva verificar se existe relação entre a equoterapia e o processo de ensino e aprendizado dos alunos com Síndrome de Down, rela- cionando os resultados da modalidade terapêutica em junção com o processo de ensino. Consistiu em uma revisão bibliográfica, elaborada a partir de materiais já publicados, gerando conhecimentos para aplicação prática e proporcionando a compreensão dos efeitos. A equoterapia é uma modalidade terapêutica com uma abordagem interdisciplinar que proporciona ganhos no âmbito físico e psíquico, desenvolvendo globalmente o individuo praticante. O cavalo que para alguns é um simples animal, para outros é visto como possibilidades. A Equoterapia, conciliada com a escola de ensino regular, com a família e outras modalidades terapêuticas, contribui efetivamente para o desenvolvimento de crianças com Síndrome de Down, seja nas atividades escolares, como nas atividades cotidia- nas, tendo assim, uma melhora significativa nos aspectos psicológico, compor- tamental, social e motor. 

Daniela FRANÇOIA

Michelle Dayane REBUSTINI

Viviane Regina Rigatto CUSTÓDIO

 Pablo Rodrigo GONÇALVES

 

Avaliação de Desempenho por meio do Seis Sigma na visão da Contabilidade Gerencial

 

As empresas, para se tornarem sólidas, ou até mesmo para conseguirem se manter no mercado em que estão inseridas, precisam de informações seguras e em tempo hábil para tomada de decisões. Para que essas informações cheguem de forma correta para seus administradores, são necessárias a estruturação de processos e a definição de normas e procedimentos sobre as atividades de cada departamento da empresa, de forma que todas as operações sejam canalizadas para a área da contabilidade gerencial. Diante do cenário altamente competitivo em que as empresas estão inseridas, as informações passam a ser um diferen- cial de grande importância para auxiliar nas estratégias e no norteamento das empresas, principalmente para medir a satisfação de seus clientes e o custo das atividades operacionais, entretanto sabemos que muitas empresas não adotam ferramentas eficazes de gestão, por falta de entendimento ou até mesmo por falta de interesse, o que pode impactar de forma negativa nos resultados dessas empre- sas. Uma forma de auxiliar na busca pelos resultados seria a implementação do programa Seis Sigma em conjunto com a contabilidade gerencial das empresas. O objetivo deste artigo é mostrar, por meio da revisão da literatura, o impacto positivo da implementação de controles baseados no Seis Sigma atrelados à con- tabilidade gerencial. 

 

Emerson Roberto VICENTE