Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Claretiano - Centro Universitário fecha mais uma parceria com o CEJUSC

03/10/2019 - Rio Claro

Na manhã de ontem, 2 de outubro, a Pró-Reitoria Acadêmica e coordenadores do Claretiano - Centro Universitário se reuniram com a chefe do CEJUSC, Larissa Davis Moraes e o juiz coordenador do CEJUSC, Dr. Wagner Carvalho Lima, para fechar mais uma parceria entre o Claretiano e o CEJUSC: A Oficina de Parentalidade.

Em busca da ampliação dos serviços do CEJUSC à comunidade rio-cearense, até novembro o Claretiano e a instituição vão desenvolver a Oficina de Parentalidade, um programa educacional, preventivo e multidisciplinar, direcionado às famílias que enfrentam a fase de reestruturação familiar, por ruptura de laços conjugais dos pais, com intuito de auxiliar os integrantes a superarem dificuldades do momento sem maiores traumas, sobretudo, para os filhos.

A Oficina da Parentalidade ocorrerá nas instalações do Claretiano (Av. Santo Antônio Maria Claret, 1724) uma vez ao mês, na sexta-feira, das 13h às 17h. Nesse encontro, os expositores e facilitadores do CEJUSC estarão presentes e falarão sobre o tema, assim como, abrirão momentos para questões, discussões e práticas das habilidades desenvolvidas. Em paralelo, haverá a Oficina de Filhos, que conterá com atividades lúdicas para as crianças.

A Oficina contará com alunos dos cursos de DireitoPedagogiaPsicologia e está verificando a possibilidade de outros cursos também participarem.

De acordo com o Dr. Wagner, essa parceria é de extrema importância para a comunidade.

Uma vez que o projeto firma-se como um instrumento multidisciplinar em que a integração entre teoria e prática é de grande relevância, tendo em vista que traz a possibilidade dos estudantes refletirem a partir da observação e ainda poderem colaborar com os expositores/facilitadores da Oficina através de seus conhecimentos técnicos.

Para Larissa, o programa é essencial para famílias que estão se reestruturando e que, por diversas vezes, possuem conflitos internos.

A oficina estimula a reflexão dos genitores e filhos sobre suas responsabilidades e isto auxilia os integrantes da relação familiar a superarem as eventuais dificuldades inerentes a esta fase, sem grandes traumas, sobretudo para os filhos.

= = = =