Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Empreendedora fala sobre desafios e conquistas no mercado para alunos de 1º semestre

13/03/2020 - Rio Claro

Na quinta-feira, 12, alunos de primeiro semestre prestigiaram a palestra da empreendedora Amanda Ribeiro, Empreendedorismo Feminino.

A atividade faz parte 25ª Semana da Mulher de Rio Claro. Pensando na importância de se falar sobre a mulher no mercado empreendedor, a marketeira reuniu alunos de primeiro semestre do Claretiano - Centro Universitário para falar sobre o assunto.

Amanda trabalhou com marketing em empresas e como freelancer, mas durante sua trajetória de trabalho notou como era diferente a tratativa dos gestores com homens e mulheres. Amanda relatou situações de preconceito, inclusive pelo fato de ser mãe, e contou aos presentes sobre a sua opção por trocar a CLT pelo CNPJ.

Eu comecei a perceber que a representatividade das mulheres no mercado de trabalho, principalmente como empreendedoras, era muito pequena. A gente vê isso até na ficção. Quantas heroínas você conhece?, provocou Amanda.

Apresentando dados de pesquisas realizadas pela gigante Google, Amanda mostrou que um grande número de mulheres passam por violência em casa e não tomam atitude por medo de não terem como se sustentar. Esse foi um dos maiores estímulos para a empreendedora iniciar seu projeto. Sua empresa, a Me Nota, aberta em 2019, se tornou uma aceleradora de mulheres.

Para empreender você precisa descobrir no que é bom. O que você faz melhor do que as outras pessoas? O que gosta de estudar? Isso faz falta no mercado? É uma necessidade que ainda não foi suprida por outras empresas? Você tem certeza? Se baseou em quê?, questionou a palestrante.

Para ela, a pesquisa sobre concorrência e a disponibilidade de mercado são fatores essenciais para quem quer começar um negócio, pois o desafio de empreender é desenvolver o que ainda não foi desenvolvido.

Aos alunos do primeiro semestre, ter contato com pessoas do mercado de trabalho possibilita o desenvolvimento de networking e amplia os horizontes da formação.

Eu realmente gostei muito da palestra, foi admirável como a Amanda se reergueu e não desistiu dos seus objetivos, mesmo as pessoas desacreditando dela e estando com depressão, contou Vitória Almeida, aluna do curso de Psicologia. Como mulher, me senti inspirada e com um imenso orgulho de ver que, mesmo com as dificuldades e pré-conceitos da sociedade e do mercado de trabalho, tem mulheres que lutam pelo seu espaço e mostram que merecem ser reconhecidas! Todas NÓS merecemos ser reconhecidas. Me agregou muito e me ensinou a nunca desistir, nunca abaixar a cabeça quando o outro diz que não vou conseguir e orientou sobre o fato de merecemos respeito e o devido valor. Me incentivou a lutar mais por nós mulheres.

O Claretiano - Centro Universitário agradece a iniciativa da Semana da Mulher de Rio Claro, que trouxe conhecimento para os estudantes e, principalmente, estímulo para os jovens e futuros profissionais a confiarem em seus potenciais.

= = = = =