Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Alunas de Medicina têm trabalhos de iniciação científica aprovados em congressos nacionais e internacionais

16/06/2020 - Rio Claro

Durante o Programa de Iniciação Científica do curso de Medicina Claretiano - Centro Universitário de Rio Claro, as alunas Gabriela Félix, Georgia Nicoletti e Milena Costa tiveram seus trabalhos bem avaliados e aprovados em congressos nacionais e internacionais. As três alunas foram orientadas pela Prof.ª Dr.ª Gabriella Soares de Souza.

A aluna Gabriela tratou sobre Neuropatia Diabética Periférica em Diabetes Mellitus Tipo II e conseguiu a aprovação no XXIX Congresso Brasileiro de Neurologia, que acontecerá em setembro, na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. Neste mesmo congresso, a aluna Georgia Nicoletti apresentará seu trabalho sobre Doença de Alzheimer e sua Relação com o Processo Inflamatório.

A aluna Milena, por sua vez, teve o trabalho sobre Gravidez na Adolescência aprovado no VI Congresso Internacional Transdisciplinar sobre Criança e Adolescente, desenvolvido pelo Instituto Langage em Associação com a Universidade Federal de Minas Gerais. O evento acontecerá de 29 de julho a 1º de agosto.

O Prof. Me. Pablo Gonçalves, coordenador do NUPIC - Núcleo de Pesquisa e Iniciação Científica do Claretiano - Centro Universitário de Rio Claro ressaltou a importância do trabalho das alunas e das apresentações em congressos.

Os trabalhos do curso de Medicina do Claretiano buscam aliar o aprendizado em sala de aula e a prática, explicou Pablo. Além disso, os temas abordados nas pesquisas das alunas Gabriela, Georgia e Milena têm relação direta com o cotidiano das alunas e com o que vivenciam em seus estágios. Os trabalhos também têm objetivo de responder questões relativas à saúde da população de Rio Claro e seus resultados trarão importantes contribuições para a promoção de saúde dessa sociedade, finalizou.

Para a aluna Gabriela, a Iniciação Científica pode ser resumida em 3 palavras: conhecimento, aprendizado e autonomia.

A minha experiência com a modalidade acadêmica de pesquisa não poderia ter sido melhor, disse Gabriela. Foi um período de muitas descobertas em que tive a oportunidade de aprimorar e aprofundar, não só minha sabedoria, como também mergulhar no meio da escrita de artigos científicos, que é extremamente importante para a minha formação profissional. Eu sempre tive interesse por pesquisa, visto que além de ser conhecimento, pesquisa é essencial para nos mantermos atualizados e conectados com a sociedade, agregando positivamente para o lado pessoal, quanto profissional.

Gabriela agradeceu os professores Gabriella e Valmir Baldissera e agradeceu sua posição de primeiro lugar nas pesquisas, tendo em vista os ótimos trabalhos realizados pelos alunos do curso.

Aluna Gabriela apresentando seu trabalho durante o ENCIC, em 2019.