Infelizmente essa página não possui suporte a impressão.

Nutrição no Claretiano de Rio Claro é nota 4 no MEC

05/02/2021 - Rio Claro

No último dia 28 de janeiro, o curso de Nutrição do Claretiano – Centro Universitário de Rio Claro foi reconhecido com nota 4 pelo Ministério da Educação. Essa nota equivale a uma avaliação geral dos quesitos: organização didático-pedagógica, corpo docente e tutorial e infraestrutura.

Sobre o curso

O curso de Nutrição em Rio Claro teve início em 2016 e desde então, foram muitas conquistas e desafios ao longo do caminho.

Entre os grandes momentos do curso, é possível citar as SANUT’s, Semanas Acadêmicas de Nutrição, que contaram com a participação dos mais diversos nomes da saúde, como os nutricionistas Luciano Bruno e Valentim Magalhães, as nutricionistas Nathália Dias e Daniela Briese, o médico Dr. Lucas Arbex e muito mais.

Mais uma edição da SANUT, com os assuntos mais necessários da área para os futuros profissionais. 

Nesse período, os alunos também participaram de eventos como a Corrida Rio Claro Rosa e a Feira da Cidadania e Saúde, além de várias atividades práticas dentro do Claretiano, como Dia da Mulher, Dia das Mães, Dia dos Pais etc.

Os estudantes, em seu último ano, realizam estágios e conhecem ótimas oportunidades em asilos, hospitais, empresas, restaurantes, Unidades Básicas de Saúde municipais e muito mais. De acordo com a coordenadora do curso, Prof.ª Dr.ª Mônica do Carmo, mesmo em meio à pandemia de Covid-19, muita coisa boa aconteceu aos alunos. 

Foi um momento desafiador, tanto para alunos egressos, que estavam em busca de novas oportunidades, como para os alunos que se depararam com a adaptação às aulas remotas, e unidos os membros do Curso e da Instituição, superaram e ainda estão superando essa etapa. Os estágios não pararam durante a pandemia e seguiram todas as medidas de segurança, com práticas virtuais, mantendo a essência do Curso. Certamente, a experiência vai formar profissionais competentes em conhecimento e na formação humana.

Em 2019, o Claretiano conquistou a NUTRICLAR, a clínica nutricional gratuita da instituição, que realiza atendimentos na USF Terra Nova, anexa ao Projeto Claretiano Terra Nova. Na clínica, os alunos do último ano de Nutrição realizam seus estágios, da anamnese ao desenvolvimento de planos alimentares e ainda conhecem a realidade da saúde pública.

Em 2020, os atendimentos da NUTRICLAR aconteceram remotamente, por conta da pandemia de Covid-19 e mesmo com as dificuldades enfrentadas pelo distanciamento, os alunos puderam aperfeiçoar ainda mais uma habilidade única: a humanidade. Com atendimentos remotos, os jovens puderam levar saúde e bem-estar para pessoas que precisavam de orientação num momento tão difícil. Certamente, esses estudantes sairão do Claretiano mais do que prontos para o mercado de trabalho.

Alunos em mais um momento de estágio.

Julia é de Ribeirão Preto e por indicação da Prof.ª Olivia, supervisora dos estágios da NUTRICLAR, ela deu início aos atendimentos on-line com os estudantes de Nutrição do Claretiano. Em 2020, os alunos trabalharam com temas em seus atendimentos e a Julia participou da semana do vegetarianismo.

Passei por uma anamnese geral e me consultei com a Ana, aluna do curso, em conjunto com a Olivia, explicou Julia. Durante as consultas fui informada sobre o tipo de alimentação adequada para o meu caso e recebi um plano alimentar, receitas para criar em casa e orientações de suplementação, principalmente por conta das proteínas e do ferro. Cheguei a perder 4 quilos durante as consultas, apesar desse não ter sido o meu objetivo principal. A Ana me forneceu vários materiais e sempre verificava se eu precisava de alguma outra orientação e até hoje sigo tudo à risca. Foi muito bom participar desse projeto.

Outro projeto que surgiu em 2020 foi a LANUT’s, a Liga Acadêmica de Nutrição e Saúde, um grupo de estudos que busca proporcionar conhecimento teórico e prático sobre saúde e bem-estar social. Também, pensando nas pesquisas, foi iniciado o NUPEFEN - Núcleo de Pesquisas em Educação Física, Estética e Nutrição, grupo de estudos cadastrado no CNPq.

Na integração com toda a Comunidade Acadêmica do Claretiano - Centro Universitário, o Curso de Nutrição comemora sua segunda edição da Revista Medicina e Saúde-Dossiê Nutrição, com a publicação de trabalhos de alunos e professores.

Neste ano que exige resiliência, com ambiente de desafios, conquistas, lutas e vitórias, a boa notícia do reconhecimento do curso com a excelente nota 4, traz consigo o sentimento de felicidade pelos alunos que aqui se formam e, com certeza, muitos ainda se formarão. Meu desejo para todos é esperança por dias melhores para profissionais da área da saúde, gratidão por todos que tornaram possível a abertura e crescimento do curso, e satisfação pelos alunos que confiaram em nosso trabalho, finalizou Mônica, coordenadora do curso.

Confira o depoimento da aluna Ana Beatriz Martins, formanda da 2ª turma de Nutrição do Claretiano - Centro Universitário de Rio Claro, que deixou sua mensagem como lembrança aos amigos, professores e todos os envolvidos em sua formação.

Me pediram para contar um pouco sobre a minha experiência e a da minha turma com a nutrição no Claretiano... confesso que foi difícil começar a escrever sobre esses quatro anos, afinal foram anos de muitas emoções, tanto boas quanto ruins. Durante esse período sentimos alegria, tristeza, gratidão, raiva, esperança, medo e tudo que você pode imaginar, sim, foram inúmeras as sensações que tivemos...

Vou começar falando então do início de tudo, o primeiro dia de aula: éramos todos estranhos um para os outros, mas em um passe de mágica já não havia estranhos ali, todos estavam em busca do mesmo objetivo e quando a nossa coordenadora nos recebeu com uma aula de boas-vindas tudo ficou mais leve... as amizades começaram a se construir, é claro que cada um tinha uma afinidade diferente com cada um, mas todos se respeitavam e as famosas "panelinhas" se formam... ah, vale lembrar de uma frase que a nossa coordenadora Mônica disse em nosso primeiro dia de aula: "tudo de ruim que tiver que acontecer com vocês, vai acontecer durante a faculdade", forte né? Vamos falar mais sobre isso lá na frente.

Bom, as primeiras provas chegaram, a ansiedade era grande, todos queriam saber se tínhamos sido aprovados ou não naquele primeiro semestre que nos trouxe conhecimentos tão valiosos e que fez nossos olhos brilharem ainda mais pela nutrição... sim, passamos, mais uma fase concluída. Chegamos então ao segundo semestre, recebemos mais colegas de sala e quem sabe até amigos para uma vida toda, esses alunos não colaram grau com a gente, mas eles fazem parte da nossa história com a faculdade... foi um semestre difícil, a primeira dificuldade chegou junto com a matéria de bioquímica, eita matéria que quase deixou muitos alunos de DP, mas seguimos firmes e fortes e vencemos mais uma vez... nos despedimos do ano de 2017 com muita felicidade, merecemos né? 2 semestres de 8 concluídos com sucesso! Depois de um belo descanso (ou não para alguns) voltamos com tudo no 3° semestre e lá estava a matéria de metabolismo de nutrientes, uma das matérias mais difíceis do semestre, foi bem intenso, mas sabíamos que poderíamos contar com nossos colegas de sala e com os professores, então lá se foi mais uma etapa... o 4° semestre chegou trazendo as aulas práticas, a cozinha era demais e no final a gente não podia desperdiçar nenhuma preparação que fizemos né? Então a gente se reunia nas mesas e experimentava todas aquelas receitas que nem sempre davam certo rs

Nossa, contando assim até parece que o tempo passou mesmo voando, afinal, já entramos no 5° semestre, metade da graduação finalizada (check)... semestre que nos trouxe os conhecimentos sobre as patologias e minha nossa, quantas patologias! Também fomos recebidos com aulas práticas, foi o momento de aprender a avaliar nutricionalmente desde a gestante até o idoso (nesse momento nossa cabeça já estava fritando com tantas informações)... e até que chegou a primeira grande onda da nossa graduação, o mais temido TCC, sim o trabalho de conclusão do curso chega pra todos e pra nós chegou mais cedo, no 6° semestre. Nos arrumamos como nunca para apresentar o TCC, foi um momento único, os pensamentos iam e viam numa velocidade que não dá pra descrever, a ansiedade era enorme, o frio na barriga chegou sem nem pedir licença e o sentimento de "valeu a pena" veio junto ao escutar um parabéns dos professores da banca, ufa, mais uma batalha vencida e vamos de férias porque merecemos né? Quando voltamos já sabíamos que a segunda onda viria, os ESTÁGIOS, essa onda era a maior de todas (pelo menos era o que pensávamos), faz termos, faz exame médico, vai na faculdade assinar papelada... a correria começou e a gente sabia que o fim dela iria demorar. Agora, vocês lembram que eu disse que iríamos voltar naquela frase que a minha coordenadora disse? Pois então, chegou o momento.

Quando ela disse aquilo a gente não imaginava que viria uma terceira onda e essa foi forte viu? Uma pandemia, sim, uma pandemia em plena graduação nos momentos finais, nos estágios... acho que eu nem tenho o direito de descrever o sentimento que nós alunos tivemos quando descobrimos que os estágios e as aulas estavam sendo "canceladas" temporariamente... foi difícil receber essa notícia. Mas tudo bem, nossa coordenadora já tinha nos avisado para nos preparar e assim fizemos, os professores se reinventaram e nós alunos abrimos um espaço para eles entrarem em nossa casa, como já dizia um dos nossos professores... confesso que a pandemia foi a maior das dificuldades que enfrentamos durante esses quatro anos, as crises de ansiedade aumentaram e as obrigações também, apesar de estar no mundo online a faculdade continuou e não podíamos parar. Mas enfim, acabamos, concluímos os estágios, finalizamos as provas finais e comemoramos por ter concluído nosso curso e agora somos profissionais da saúde, nutricionistas.

A missão de cada um com a nutrição é individual, mas tenho certeza que o que mais queremos é que as pessoas entendam como a alimentação pode ser usada como prevenção às doenças e que assim seremos pessoas mais saudáveis. Acho que já falei bastante, mas só pra finalizar eu acredito que o sentimento de todos os alunos da minha turma é de gratidão e também de insegurança, afinal não teremos mais nossos mentores em todos os momentos, mas tenho certeza que chegaremos ao sucesso, cada um do jeitinho que almeja. Não posso falar que a faculdade foi mil maravilhas, tivemos muitos problemas, mas o que importa é onde chegamos e os profissionais que vamos nos esforçar para ser a partir de agora.

Tenho certeza que todos da minha turma serão profissionais maravilhosos e desejo todo sucesso do mundo para cada um e também para aqueles alunos que estão ingressando ou que já estão cursando a nutrição.